Cãominhada

Cãominhada é um projeto de voluntariado para passeios com cães que estão a espera de adoção.

Abandono: causas e consequências

O post de hoje é sobre algo muito triste, mas que precisa ser discutido, para que não continue a acontecer: o abandono de animais. Dividir a vida com um pet costuma melhorar muito a qualidade de vida das pessoas em diversos sentidos, como por exemplo: reduz a sensação de solidão, ajuda a manter a forma, incentiva o sorriso, disciplina, etc. Mas mesmo assim, o abandono de animais é frequente, e acontece muito mais do que nós gostaríamos.

Se você é apaixonado por animais assim como nós, não pensaria nem por um segundo na possibilidade de se desfazer do seu cachorro ou gato, que é considerado parte da família, não é mesmo? Então por que o abandono ainda é constante? Listamos algumas das principais causas:

Compra irresponsável

Talvez a principal causa do problema. Muitas pessoas se empolgam com a possibilidade de ter um animal em casa, e não pensam que isso exige disciplina, paciência e muito carinho.

Olhar para um animal só por que ele é fofo e querer levar para casa é fácil, mas só quem ama de verdade sabe o quão trabalhoso é cuidar de um pet, pois muitas vezes envolve espaço, dinheiro e tempo da família.

Ninhadas inesperadas

Cachorros e gatos dão cria, isso é mais do que óbvio. E caso seu pet não seja castrado, isso pode ocorrer num piscar de olhos! E é aí que está o problema. Muitas famílias não castram os animais e quando nascem os filhotes, não se preocupam com o futuro deles, nem se podem entrar para doação ou até mesmo ficar com a família. Mais uma vez, animais abandonados nas ruas.

Por isso reforçamos sempre a ideia de que CASTRAR É MUITO MAIS DO QUE UMA PRECAUÇÃO, E SIM UM ATO DE AMOR.

Problemas de adaptação

Cada animal é diferente um do outro, e todo adotante deveria entender isso. Nunca vai ser um trabalho fácil, para ambos (animal e ser humano). Antes de adotar, veja se a casa comporta um pet, se ele terá espaço para ficar confortável e brincar, e claro, se você terá tempo para ele. Caso esses fatores estejam em desequilíbrio, o animal pode ter problemas de adaptação, o que resulta no abandono.

Problemas familiares

Muitas vezes, as famílias passam por situações de mudança de residência, viagem longe de férias, situação economica ou até problemas de saúde como alergia de alguém da casa. Essas causas são as mais comuns, e não tem como prever.

Mas antes de abandonar o animal, pense duas, três ou quatro vezes, e sempre encontrará uma solução, seja um lar temporário, doar à outra família que terá mais condições, ou ainda adaptar-se à nova vida com ele, priorizando sempre seu bem-estar.

 

Marcola

Marcola

 

O abandono de animais também pode trazer problemas para a saúde pública, já que quando os animais passam a viver em más condições, estão mais propensos a contrair doenças, que podem ser transmitidas para humanos e outros animais, como acontece com a raiva, por exemplo.

Mas temos um ponto a nosso favor: abandonar animais agora é CRIME prescrito na lei! Caso você veja ou saiba de algum caso de abandono ou maus-tratos contra qualquer tipo de animal, não pense duas vezes! Vá até a delegacia mais próxima de denuncie.

De acordo com o Art. 32, da Lei Federal nº 9.605 de 1998 e o Art. 164 do Código Penal, esses crimes podem variar de 15 dias à 6 meses de prisão. E ainda tem mais: a multa é bem pesada – de de R$ 558,82 a R$ 1.397,50 para quem cometer o ato.

Batatinha

Batatinha

 

As pessoas que abandonam animais de estimação acreditam que eles sobreviverão bem e sozinhos, mas esta não é a realidade, nem de longe! Animais acostumados a receber cuidados não estão preparados para viver por conta própria, além do que o sofrimento deles é muito maior. Afinal, que é que gosta de viver sozinho?

Essas atitudes de abandono NÃO PODEM SER IGNORADAS, E PRECISAM ACABAR! 

Por isso, trate seu pet como um membro da família: ele não é descartável e substituível!

 

Anúncios

Um comentário em “Abandono: causas e consequências

  1. Roberto Blatt
    03/11/2016

    As multas e as penalidades deveriam ser ainda mais pesadas… E efetivas!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 01/11/2016 por em Você Sabia?.
%d blogueiros gostam disto: