Cãominhada

Cãominhada é um projeto de voluntariado para passeios com cães que estão a espera de adoção.

Cão Guia: eles não brincam em serviço. Respeite!

Que os cachorros são seres iluminados, e que enchem a nossa casa (e a nossa vida!) de alegria, a gente já sabe. Mas alguns deles exercem um papel super importante na sociedade, o de cão-guia, aqueles que acompanham os deficientes visuais pelas ruas, auxiliam no caminho para o trabalho, para casa, etc.

O objetivo principal desses “cães trabalhadores” é auxiliar o deficiente visual, reduzindo as chances de acidente, que sabemos que pode acontecer muito, pois as ruas e calçadas são bem complicadas, bem como os ônibus e trens das grandes cidades, principalmente de São Paulo.

Eles são muito bem treinados, e geralmente levam meses até serem qualificados para o serviço. Aquelas carinhas fofas podem nos tirar do eixo, e a vontade de acariciá-los e falar com eles é maior do que tudo, não é mesmo? Mas nunca faça isso enquanto ele estiver em serviço.

Aretha

Aretha

 

Quer saber por que?

Não, ele não vai avançar em você nem te morder. Mas ao tocar o animal, você pode estar comprometendo o desempenho dele, fazendo com que ele se distraia e “esqueça” onde ele deve ir, como conduzir o deficiente, etc.

Então, ao  ver um cão-guia é importante lembrar que ele está trabalhando. Acariciar ou falar com ele pode quebrar sua concentração e isto prejudica a habilidade do acompanhante de caminhar. Guiar é muito complicado, e requer atenção total do cachorro. O elogio só deve ser feito pelo dono, já que o cachorro é treinado apenas para obecer aos comandos vindo da voz dele.

O cão-guia é treinado a fazer o que faz com prazer e perfeição, por isso, durante o trabalho não podem se divertir como os cachorros “comuns”, de estimação. O treinamento é feito para que ele consiga ignorar distrações e não se mexer, ele pode entrar no ambiente de trabalho do acompanhante ou ficar em locais públicos sem perturbar, por exemplo.

Claro que o cão não fica 24h em serviço. Logo depois que o trabalho termina – geralmente na casa do próprio dono deficiente visual – ele é liberado para brincar e fazer as coisas comuns que os cachorros fazem, bem como receber carinho de outras pessoas, elogios e petiscos!

 

shutterstock_293244389

Quando o peitoral dele é retirado, ele sabe que o serviço acabou é hora de brincar. O cão-guia trabalha diariamente, mas leva uma vida de cachorro feliz, cães adoram ficar próximos ao dono, isto os faz muito felizes e mesmo no “trabalho”, eles ficam pertinho um do outro, o que é maravilhoso!

Por isso, respeite, aceite e sorria de longe. Só de termos animais trabalhando em prol de uma causa como essa, já é motivo de alegria todos os dias!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 09/11/2016 por em Você Sabia?.
%d blogueiros gostam disto: