Cãominhada

Cãominhada é um projeto de voluntariado para passeios com cães que estão a espera de adoção.

Saiba como cuidar do seu pet idoso

Pelos brancos no focinho, olhos mais secos, menos energia para correr e brincar…Pois é, a idade chega para todos, e esses são alguns sinais de que seu peludinho chegou na terceira idade.

Por isso é importante preparar sua casa (ou apartamento) e também sua vida para a nova rotina que vai surgir, afinal, a vida do cão vai ficar muito diferente de quando ele era jovem, não é mesmo?

Caominhada-CCZ-SP-07mai17 (7)

Portanto, fique atento às nossas dicas!

1. Adapte a sua casa

Para que a qualidade de vida do cão seja boa, é importante remanejar os locais onde ele costuma ficar com mais frequência, como a sala, quintal ou quarto, por exemplo. Em caso de problemas ortopédicos, que podem vir a surgir, vale incluir tapetes emborrachados, para que ele consiga levantar com facilidade, sem escorregar.

Uma outra dica legal é o uso das escadinhas adaptadas, para ajudar o peludinho a subir no sofá ou na cama, se ele está acostumado a isso. Esse produto evita os danos às articulações e também na coluna!

2. Água em todos os lugares

Outro fator que facilita o dia a dia de animais idosos é deixar um potinho de água disponível em diversos cantos da casa, de preferência onde ele fica com mais frequência. Isso porque os cães com doenças renais, por exemplo, precisam se hidratar com mais frequência, além de diminuir a dor ou incômodo na hora deles levantarem para ir até um único local beber água.

Ah, e nunca deixe os potinhos muito altos, nem muito baixos. Tente manter uma altura coerente com a do animal 😉

 

3. Mudanças de comportamento

Fique atento a qualquer mudança de comportamento do seu cão. Além de dormir mais e ter menos disposição, os idosos estão propensos a mais doenças! Urina ou fezes fora do local habitual podem indicar processos dolorosos, porque pode não ter conseguido chegar até o lugar correto. Beber muita água e se alimentar menos também são sinais preocupantes, além de queda de pêlo ou vômitos excessivos.

jafar

Se algo assim acontecer, não pense duas vezes e leve seu pet ao veterinário!

4. Pegue leve nos exercícios

A prática de atividade física é importante em todas as fases da vida do animal, não só para estimular o bem estar, mas também porque mantém a saúde dos músculos e evita fraqueza e atrofia, o que acontece muito com os cães idosos.

Prefira caminhadas e passeios curtos, em horários mais amenos do dia, sem muito calor ou sol (o mesmo vale para o frio, não se esqueça!) e lembre-se sempre de respeitar os limites do seu peludinho. Evite exercícios que envolvam um esforço maior, como agility ou corridas.

Dandara

E vale lembrar que a ida regular ao veterinário é importante! Além disso, uma cama quentinha e uma boa dose de carinho faz muito bem, e vai fazer o seu pet idoso MUITO mais feliz ❤

Anúncios

2 comentários em “Saiba como cuidar do seu pet idoso

  1. Silvia Maria Sanches Sarzano
    29/06/2017

    Dicas importantes !!!

  2. Roberto Blatt
    29/06/2017

    Excelentes dicas!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 29/06/2017 por em Você Sabia?.
%d blogueiros gostam disto: